change-ticket large-box large-mobile large-passbook large-pinch large-print label-chaise-long label-companion label-dbox label-love label-mobility-reduced label-obese label-semi-vip label-simple FDE0836C-62E2-4FE2-9627-224E5D09CF46 label-wheelchair 3-d-glasses alert arrow-down-1 42F200F8-EADE-42AC-9F09-63615B046702 arrow-left-1 arrow-left-2 arrow-right-1 arrow-right-2 arrow-top-1 arrow-top-2 barcode box-office calendar card chaise-long check city clock clock2 companion crown dbox error exit-door faq filter-2 filter flag-of-who form gift gps 8F95929F-BF51-4602-9B38-0956AF800196 labels less-1 less-2 lock love-full love mail-1 E1B8B11F-4B4B-470A-A625-5A5E6161DA9F mobility-reduced movie obese phone play-2-full play-2 C39DFE03-7BA4-4A27-AE11-5F9B4CB1B821 plus-1 plus-2 plus-3 popcorn EF6D907C-842F-4839-899E-FBD70ECB9793 profile promo quit-1 quit-2 reload search 55731A1E-C66C-4ACA-A87E-86B005FC1E40 H6 seat semi-vip share-2 share E5394C53-A4D3-4427-BA97-D84E06370556 smartphone-2 smartphone special-price star-full star synopsis tag 02ACFF18-16DD-4AE4-82FC-1374B6A3DA11 1E3D5D04-79F1-4C0B-8600-56EFA4C3AEAE ticket timer 232FE519-7B6E-4413-8721-5B9185FB6869 total-1 total-2 trash 53406097-C21A-4011-94DE-2E73216CF259 53406097-C21A-4011-94DE-2E73216CF259 wheelchair 151C4C14-B7C0-4191-8D6F-0C32C8C3D173 355FB39A-331A-4BCE-A863-35EF46028F9B zoomin zoomout payment-amex Apple_Pay_Payment_Mark payment-aura payment-bb-debit g10 payment-caixa payment-card payment-cvv payment-diners payment-discover payment-elo payment-gpay payment-hipercard payment-inter-debit payment-itau payment-jcb payment-mastercard payment-masterpass-2 payment-masterpass payment-next payment-nubank payment-passbook payment-paypal-branco payment-paypal payment-visa payment-visacheckout payment-visalogo-branco 6FC71F2B-4B51-469E-A1D3-F7925F986ADF 76694A84-E473-4235-8811-E7A10CB0522C 73536C20-1FA2-453C-8095-7ECBD021C855 alert-drivein EFAE1B02-8A5E-45D9-A4C1-0187C71EB4CE E8DBB542-CB2E-4B87-9E42-10D723530A75 09B848F2-0CC1-4B2A-AF8A-8ECBFBA2E15F AA8BA63C-C149-453A-BD2E-7F099516342E alert-local 7ED54ADD-309F-4E10-8602-FD776A3875EB 4419C3EC-EB49-41F4-BC00-E2AFD009263F F4F5CB75-BB9C-4F60-BBDA-C62522AD7E80 E2132172-ED58-4C64-9EBC-6E7DB3143E37 googleplus-small social-facebook social-instagram social-linkedin social-youtube twitter-small 9D362291-1125-4457-8F64-8A8BA80AFB56 badge-prevention ! bag barrier Layer 1 ! care combo 809A0929-89DE-494F-A3C8-60BC665A595B glove hygiene mask maximun more-i-os prevention ! 1559CFC3-08DE-4746-A9CC-514E08C74EE5 CBD6D194-2585-4B7F-BA4F-0CDCA381BA3C reduced-capicity E224D7B6-A091-4919-82BB-03E25F0AE4E5 seat-distancing seat-map H6 self-service 3B0DB1CC-732E-48A7-A7AE-64BC0CEC6ECF spray tag-replay REEXIBIÇÃO AA5354A2-344C-4656-BE8A-89274DD62245 loading2 logo-small logo-tudus logo-universal logo2 logo_statum no-session aCreated with Sketch. novaui-card novaui-cinemas novaui-destaque novaui-eventos novaui-facebook novaui-filmes novaui-instagram novaui-linkedin Icon / Simple / News novaui-profile novaui-question novaui-recent novaui-youtube E872A65E-2F7B-430E-A43B-2E3F2A9F47CC

AMP

Val Kilmer | Carreira, luta contra o câncer e seu retorno emocionante em Top Gun: Maverick

Intérprete do piloto Tom "Iceman" Kazansky está de volta na continuação


O lançamento de Top Gun - Ases Indomáveis (1986) representou um sucesso estrondoso para a Paramount Pictures, e rendeu mais de 350 milhões de dólares em bilheteria. Contudo, muitos anos se passaram até que os planos para uma sequência começassem a surgir.

Tom Cruise, além de estrelar o longa original, retorna à continuação não só reprisando o papel principal, mas também como um de seus produtores. Prezando pelo realismo nas cenas de ação, ele fez questão de liderar um treinamento para que os atores estivessem aptos a pilotar aviões durante as filmagens. Porém, Cruise tinha uma outra exigência para que Top Gun: Maverick saísse do papel: a presença de Val Kilmer no elenco.

Na première do filme, Tom Cruise falou sobre o retorno imprescindível de Tom "Iceman" Kazansky, desafeto de seu personagem na trama de origem. Em entrevista ao Entertainment Tonight, ele elogiou Kilmer:

"Eu realmente lutei muito para que ele fizesse o filme. O tipo de talento que ele tem, e quando você o vê nessa cena, é realmente muito especial", ressaltou Cruise, citando uma passagem emocionante de Iceman na sequência.

À People, o produtor Jerry Bruckheimer, que atua na função desde Ases Indomáveis, citou uma conversa entre ele e Tom Cruise, dizendo que o astro foi incapaz de abrir mão da participação de Val Kilmer no novo longa:

"Ele disse: 'Temos que ter Val, temos que tê-lo de volta. Temos que tê-lo no filme'. Ele era a força motriz. Todos nós o queríamos, mas Tom estava realmente convencido de que, se ele fosse fazer outro Top Gun, Val tinha que estar nele", enfatizou Bruckheimer. "Ele é um ator tão bom e uma pessoa tão boa. Nós nos divertimos muito no primeiro e queríamos reunir alguns da turma novamente", completou o produtor.

O mais curioso em toda essa dinâmica, que deixa explícito como a relação de amizade entre a dupla de atores só se fortaleceu ao longo dos anos, é que, por pouco, Val Kilmer não fez parte do elenco de Top Gun - Ases Indomáveis.

Saiba mais sobre o seu histórico na franquia e relembre a trajetória inspiradora do ator. Hoje, mesmo depois de enfrentar diversos dramas pessoais, ele ressurge em Hollywood como o Almirante Iceman em Top Gun: Maverick:

OS PRIMEIROS PASSOS NO TEATRO E NO CINEMA

Kilmer nasceu em pleno réveillon, no dia 31 de dezembro de 1959, em Los Angeles. Sempre vivendo na Califórnia, ele estudou na Hollywood Professional School. Nessa escola, que já foi um conservatório de música no passado, se formaram diversos outros artistas norte-americanos de sucesso, como Judy Garland, Melanie Griffith e Mickey Rooney.

Desde pequeno, Kilmer participou de campanhas publicitárias, mas sempre foi muito firme e decidido sobre os seus trabalhos: ainda criança, quando foi escalado para estrelar um comercial de uma marca de hambúrgueres, Kilmer negou a oportunidade:

"Aqueles hambúrgueres eram terríveis. Se eu não acreditar que eles são realmente bons, não vou conseguir vendê-los", contou o astro.

Anos mais tarde, Val Kilmer ingressou na Juilliard School, em Nova Iorque, outra instituição que costuma abrigar expoentes da dramaturgia, dança e música estadunidenses. Quem acompanha de perto a carreira do ator, que já viver um breve romance com a superestrela Cher, com certeza já teve a oportunidade de vê-lo afirmar que o teatro é uma de suas maiores paixões, e foi nesse período que ele começou a se destacar nos palcos do país.

Embora já tenha declarado que a rigidez do ensino da Juilliard o tenha feito quase desistir da formação, Kilmer começou a estrelar peças de teatro desde essa época, e usava sua voz marcante de barítono em clássicos como Orestes e The Wood Demon.

Em 1983, ainda bastante jovens, Kilmer, Kevin Bacon e Sean Penn estrelaram a peça Slab Boys, cujo registro de uma das cenas pode ser visto na imagem acima. A montagem off-Broadway foi bastante elogiada pela crítica e, não à toa, o trio ganhou ainda mais destaque em Hollywood. Embora os companheiros de projeto de Val Kilmer já tivessem participado de produções cinematográficas, Bacon virou uma verdadeira estrela após o sucesso de Footloose (1984) e Penn foi crescendo em filmes posteriores à peça, como Juventude em Fúria (1983), Adeus à Inocência (1984) e A Traição do Falcão (1985).

Já para Kilmer, que nunca havia atuado nos cinemas, o período nos palcos foi ainda mais marcante: colhendo os frutos das críticas positivas desde que ingressou na Juilliard, Kilmer foi convidado para ser o protagonista da comédia musical Top Secret! Superconfidencial (1984). Interpretando o magnético Nick Rivers, Val estreou em Hollywood com um papel principal bem-sucedido, o que abriu portas para ele na indústria muito rapidamente.

TOP GUN: TOPO OU NÃO TOPO?

Antes de 1986, quando Top Gun: Ases Indomáveis chegou aos cinemas, Kilmer já havia estrelado seu primeiro longa e a ficção científica Academia de Gênios (1985), outra comédia na qual o ator teve bastante destaque. E foi emplacando dois sucessos que ele, com contrato fechado com a Paramount Pictures, precisou viver Iceman nos cinemas. Sim, "precisou" é a palavra adequada, pois Kilmer, a princípio, não quis fazer parte do filme.

Assim que teve contato com o roteiro e a premissa de Top Gun: Ases Indomáveis, o ator achou o projeto "bobo", e suas obrigações com a Paramount definiram sua participação no longa.

Seu papel como o piloto, que na conclusão da história demonstra ter posto um ponto final em suas diferenças com Maverick, ajudou não só a ele como a todo o elenco a consolidar suas carreiras em Hollywood.

OS ANOS 90: DE ASTRO DO ROCK A SUPER-HERÓI DOS QUADRINHOS

A experiência nos palcos e no cinema fez de Kilmer um ator multifacetado, que conseguiu emplacar papéis de sucesso em filmes dos mais variados gêneros.

Logo depois de Top Gun, em 1988, Willow - Na Terra da Magia foi sua primeira empreitada em um longa fantástico, que se transformou em um verdadeiro clássico e num dos ícones da Hollywood oitentista. Em 1991, Kilmer voltou a impressionar público e crítica em The Doors - O Filme, drama no qual interpreta Jim Morrison, líder da banda que dá título à produção.

Na pele do falecido rock star, 20 anos após sua morte precoce, Kilmer entregou-se de corpo e alma ao personagem: o astro canta em algumas cenas, chegou a quebrar o braço durante as filmagens e desbancou outras estrelas cotadas para viver Morrison nas telonas, como John Travolta, Tom Cruise e Jason Patric.

Em entrevista recente ao The New York Times, Kilmer relembrou um de seus trabalhos mais marcantes no cinema: Bruce Wayne, o super-herói bilionário em Batman Eternamente (1995).

O ator confessou que sempre sonhou em viver o personagem. Em 1994, enquanto fazia uma viagem por vários países do continente africano, decidiu passar uma manhã explorando uma caverna repleta de morcegos. Nesse mesmo dia, foi acometido por uma forte intuição e ligou para o seu agente nos Estados Unidos, para saber como estavam as coisas por lá. O homem revelou que tentava contato com Kilmer há dias, para avisá-lo sobre um convite inusitado: desempenhar o papel de Batman, agora que Michael Keaton havia acabado de abandonar o projeto.

A vida de Kilmer parece rodeada de experiências incomuns, que beiram o sobrenatural. Quando viu Joanne Whalley pela primeira vez, em uma peça de teatro em Londres, se apaixonou perdidamente por ela, e chegou a escrever um poema dedicado à sua paixão platônica, que dizia que os dois se casariam em breve.

Nos sets de Willow - Na Terra da Magia, ele descobriu que a atriz estaria no filme, e não demorou muito para que eles começassem a namorar. Kilmer e Whalley se casaram em 1988 e ficaram juntos até 1996; o casal teve dois filhos, Jack e Mercedes Kilmer.

A LUTA PELA VIDA

Embora dar vida ao Homem-Morcego tenha ajudado a impulsionar a carreira de diversos astros em Hollywood, o mesmo não aconteceu com Kilmer. Anos depois de interpretar Bruce Wayne, o ator lamentou que sua participação como o super-herói tenha sido pouco marcante. Primeiramente, porque Tommy Lee Jones e Jim Carrey acabaram roubando a cena, dando vida aos vilões Duas Caras e Charada, respectivamente. Além disso, Kilmer alegou que o uniforme do Batman simplesmente impossibilitava seus movimentos, e o capacete impedia que ele ouvisse grande parte do que acontecia ao seu redor:

"Foi frustrante. Parecia que a minha única função era aparecer no set e me manter parado no lugar onde mandavam ficar", lamenta Kilmer, no documentário Val (2021).

Para ele, o papel de Simon Templar em O Santo (1997) foi um grande erro. A partir daí, somado a fama de ter um temperamento difícil nos bastidores, as oportunidades foram diminuindo, e o ator não conseguiu papéis à altura do alto escalão de Hollywood.

Kilmer relata diversas experiências pessoais e profissionais em seu documentário autobiográfico, cujo lançamento foi motivado por um dos maiores dramas enfrentados por ele: um câncer na garganta.

Em 2014, enquanto encenava um monólogo sobre seu ídolo Mark Twain no teatro, Kilmer começou a sentir um incômodo no pescoço. Em uma visita ao médico, foi encontrado um tumor. Nessa época, a Ciência Cristã, crença seguida pelo ator, fez com que Kilmer negasse qualquer tipo de tratamento proposto pela medicina tradicional.

Mas não foi tão simples. Em 2016, o ator Michael Douglas, que também havia sido diagnosticado com um câncer, revelou que Val Kilmer enfrentava a doença. No entanto, o ator negou a informação dada pelo amigo. Foram anos de tratamento com base na Ciência Cristã, até que seus filhos, que não são adeptos da religião, intervieram na situação.

Em 2020, Kilmer foi submetido a uma cirurgia e, no ano seguinte, sua filha afirmou que ele ainda estava em tratamento.

O RETORNO AOS CINEMAS

Val Kilmer

Por mais irônico que pareça, o papel que, por pouco, não fez parte de seu currículo, foi o responsável por trazê-lo de volta aos cinemas, depois de anos afastado por questões de saúde.

Em Top Gun: Maverick, Kilmer retorna como Iceman, marcando um renascimento para o astro nas telonas. Nos últimos anos, ele precisou ser submetido a uma traqueostomia, o que levou uma de suas características mais marcantes como ator: a voz.

Em entrevista ao The Post, Mercedes Kilmer, sua filha mais velha, disse que ver o pai em Maverick foi "extraordinário". Pelo fato de estar praticamente impedido de falar, a produção do longa investiu em uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, que coletou gravações antigas do ator e recriou sua voz, que aparece inserida nas cenas:

"Foi emocionante e muito especial para meu pai estar no set com todos os amigos que fizeram este filme quando tinham a minha idade", diz a jovem, que também é atriz. "Significa muito para o meu pai, pois ele está muito orgulhoso desse filme. É isso que ele gosta de fazer", conclui Mercedes.

Hoje, aos 62 anos, Kilmer ainda tem sequelas do câncer. Contudo, seu retorno em Top Gun: Maverick representa uma grande vitória pessoal para o astro, depois de todos os problemas enfrentados por ele nos últimos anos. Um verdadeiro presente para Kilmer, que pôde reencontrar-se com seu amado ofício, e para os fãs do piloto Tom "Iceman" Kazansky, que têm a chance de assistir a uma nova história do personagem nas telonas.

Na continuação, depois de décadas de serviço como um dos principais aviadores da Marinha, Maverick parece ter achado o seu lugar. Quando o experiente piloto precisa treinar um grupo de graduados do Top Gun para uma missão especializada, encontra o tenente Bradley Bradshaw (Miles Teller), filho de seu falecido amigo, o oficial Nick "Goose" Bradshaw. Enfrentando um futuro incerto e confrontando os fantasmas do passado, Maverick é obrigado a encarar seus medos mais profundos, culminando em uma missão que exigirá sacrifícios daqueles escolhidos para voar.

Além de Tom Cruise e Val Kilmer, o elenco de Top Gun: Maverick é formado por Jennifer Connelly, Ed Harris e Jon Hamm. O longa, dirigido por Joseph Kosinski, estreou no Brasil na última quinta-feira, 26 de maio, e segue em cartaz nos cinemas - garanta o seu ingresso através do nosso site ou app.

Agora, além de marcar presença no Instagram, Facebook e Youtube, a Ingresso.com também está no Telegram ! Faça parte do nosso canal oficial e fique por dentro das últimas notícias sobre o universo do cinema e da cultura pop - acesse t.me/ingressocom e participe!

ver todas as notícias