change-ticket large-box large-mobile large-passbook large-pinch large-print label-chaise-long label-companion label-dbox label-love label-mobility-reduced label-obese label-semi-vip label-simple FDE0836C-62E2-4FE2-9627-224E5D09CF46 label-wheelchair 3-d-glasses alert arrow-down-1 42F200F8-EADE-42AC-9F09-63615B046702 arrow-left-1 arrow-left-2 arrow-right-1 arrow-right-2 arrow-top-1 arrow-top-2 barcode box-office calendar card chaise-long check city clock clock2 companion crown dbox error exit-door faq filter-2 filter flag-of-who form gift gps 8F95929F-BF51-4602-9B38-0956AF800196 labels less-1 less-2 lock love-full love mail-1 E1B8B11F-4B4B-470A-A625-5A5E6161DA9F mobility-reduced movie obese phone play-2-full play-2 C39DFE03-7BA4-4A27-AE11-5F9B4CB1B821 plus-1 plus-2 plus-3 popcorn EF6D907C-842F-4839-899E-FBD70ECB9793 profile promo quit-1 quit-2 reload search 55731A1E-C66C-4ACA-A87E-86B005FC1E40 H6 seat semi-vip share-2 share E5394C53-A4D3-4427-BA97-D84E06370556 smartphone-2 smartphone special-price star-full star synopsis tag 02ACFF18-16DD-4AE4-82FC-1374B6A3DA11 1E3D5D04-79F1-4C0B-8600-56EFA4C3AEAE ticket timer 232FE519-7B6E-4413-8721-5B9185FB6869 total-1 total-2 trash 53406097-C21A-4011-94DE-2E73216CF259 53406097-C21A-4011-94DE-2E73216CF259 wheelchair 151C4C14-B7C0-4191-8D6F-0C32C8C3D173 355FB39A-331A-4BCE-A863-35EF46028F9B zoomin zoomout payment-amex Apple_Pay_Payment_Mark payment-aura payment-bb-debit g10 payment-caixa payment-card payment-cvv payment-diners payment-discover payment-elo payment-gpay payment-hipercard payment-inter-debit payment-itau payment-jcb payment-mastercard payment-masterpass-2 payment-masterpass payment-next payment-nubank payment-passbook payment-paypal-branco payment-paypal payment-visa payment-visacheckout payment-visalogo-branco 6FC71F2B-4B51-469E-A1D3-F7925F986ADF 76694A84-E473-4235-8811-E7A10CB0522C 73536C20-1FA2-453C-8095-7ECBD021C855 alert-drivein EFAE1B02-8A5E-45D9-A4C1-0187C71EB4CE E8DBB542-CB2E-4B87-9E42-10D723530A75 09B848F2-0CC1-4B2A-AF8A-8ECBFBA2E15F AA8BA63C-C149-453A-BD2E-7F099516342E alert-local 7ED54ADD-309F-4E10-8602-FD776A3875EB 4419C3EC-EB49-41F4-BC00-E2AFD009263F F4F5CB75-BB9C-4F60-BBDA-C62522AD7E80 E2132172-ED58-4C64-9EBC-6E7DB3143E37 googleplus-small social-facebook social-instagram social-linkedin social-youtube twitter-small 9D362291-1125-4457-8F64-8A8BA80AFB56 badge-prevention ! bag barrier Layer 1 ! care combo 809A0929-89DE-494F-A3C8-60BC665A595B glove hygiene mask maximun more-i-os prevention ! 1559CFC3-08DE-4746-A9CC-514E08C74EE5 CBD6D194-2585-4B7F-BA4F-0CDCA381BA3C reduced-capicity E224D7B6-A091-4919-82BB-03E25F0AE4E5 seat-distancing seat-map H6 self-service 3B0DB1CC-732E-48A7-A7AE-64BC0CEC6ECF spray tag-replay REEXIBIÇÃO AA5354A2-344C-4656-BE8A-89274DD62245 loading2 logo-small logo-tudus logo-universal logo2 logo_statum no-session aCreated with Sketch. novaui-card novaui-cinemas novaui-destaque novaui-eventos novaui-facebook novaui-filmes novaui-instagram novaui-linkedin Icon / Simple / News novaui-profile novaui-question novaui-recent novaui-youtube E872A65E-2F7B-430E-A43B-2E3F2A9F47CC

AMP

Top Gun | 5 curiosidades sobre uma das trilhas sonoras mais marcantes do cinema

Canções atingiram o topo da Billboard, mas deram dor de cabeça para os produtores


Além de marcar uma geração e revolucionar o cinema de ação da época, Top Gun: Ases Indomáveis (1986) lançou canções que se tornaram grandes hits, relembrados até hoje.

No entanto, mesmo alcançando o sucesso com faixas como Danger Zone e Take My Breath Away, a equipe do longa enfrentou dificuldades para produzir e emplacar suas músicas. Confira cinco curiosidades sobre a trilha sonora do filme, uma das mais marcantes (e difíceis de realizar) de todos os tempos:

#1 | QUEM DIRIA NÃO PARA "DANGER ZONE"?

Bom, sabendo que a canção tema de Top Gun: Ases Indomáveis alcançou o segundo lugar da Billboard Hot 100 em 1986, todos nós estaríamos dispostos a fazer parte desse sucesso. Contudo, ao receberem o convite, alguns artistas não toparam gravar a canção.

A banda TOTO, que lançou canções como I'll Be Over You e Hold the Line, foi a primeira a ser associada ao projeto, mas conflitos com a gravadora parecem ter impedido o fechamento do contrato. Depois, o grupo REO Speedwagon, responsável pela trilha de Os Goonies (1985), O Segredo da Cabana (2011) e muitos outros filmes, também foi cogitado.

Por fim, o músico Kenny Loggins foi quem gravou a música, composta por Giorgio Moroder e Tom Whitlock. Ao fazer algumas adaptações nos arranjos, Loggins eternizou seu nome em uma das faixas mais icônicas do cinema.

#2 | POUCOS ACREDITAVAM EM TOP GUN

Não foi apenas Danger Zone que sofreu com a descrença de parte da indústria. O próprio filme, que arrecadou mais de US$350 milhões em bilheteria, foi desenvolvido sem que muitos artistas apostassem no seu sucesso.

No ano do lançamento, a produção do longa entrou em contato com a gravadora do Judas Priest, informando que queriam usar a canção Reckless em Top Gun: Ases Indomáveis. Sabendo da proposta, os membros da banda negaram a parceria, alegando que a temática da narrativa não havia agradado a nenhum deles.

Em 1988, após o sucesso de Top Gun, o grupo decidiu render-se ao mercado cinematográfico e regravou a clássica Johnny B. Goode para o longa Johnny Bom de Transa. Nos Estados Unidos, a comédia arrecadou dez vezes menos que Ases Indomáveis, e o filme concorreu a um Framboesa de Ouro no ano seguinte. Se arrependimento matasse…

#3 | TIRE MEU FÔLEGO…

Moroder e Whitlock estavam realmente inspirados quanto trabalharam na trilha sonora do filme. Além de Danger Zone, a dupla compôs Take My Breath Away, marcante balada romântica interpretada pela banda Berlin.

Assim que o grupo musical recebeu o convite, John Crawford, um de seus integrantes, relutou em gravar a canção. Para ele, a banda deveria interpretar obras autorais, para que a Berlin não perdesse sua identidade.

Em um documentário sobre a composição, a vocalista Terri Nunn condena a atitude de John, dizendo que o achou um "adolescente egóico" por pensar dessa forma. Berlin ainda não havia emplacado nenhum hit desde a sua estreia, e a oportunidade era perfeita para que a banda se tornasse mundialmente conhecida.

#4 | …MAS NÃO TIRE O MEU OSCAR!

Mesmo após os conflitos entre os seus membros, o grupo gravou a canção, que atingiu o topo das paradas em diversos países. Take My Breath Away superou Danger Zone e ficou por semanas no #1 da Billboard Hot 100, e foi a segunda música mais tocada nas rádios brasileiras em 1986.

No ano seguinte, a faixa foi indicado ao Oscar, e a banda convidada a apresentar a composição na cerimônia da Academia.

Porém, assim como John Crawford se arrependeu de ter cogitado não gravar Take My Breath Away, Terri Nunn também tem uma questão mal resolvida com Top Gun. Ao receber um telefonema, que formalizava o convite para cantar na noite da premiação, a vocalista declinou. Infelizmente, a Berlin não esteve presente para ver a música, a qual consagrou a banda, levar a estatueta de Melhor Canção Original naquela noite:

“Eu disse ao rapaz: 'Não, vou cantar a música inteira ou não vou cantar!' Ele disse: 'Ok, obrigado'. E desligou". E esse foi o meu fim. Eu aprendi muito rápido que você não pode dizer 'não' a um cara do Oscar. Eu estraguei tudo", lamenta Nunn, relembrando a negativa após saber que cantaria apenas um trecho da canção, inserida em um medley.

#5 | A ICÔNICA CENA DE "TAKE MY BREATH AWAY" QUASE NÃO EXISTIU

Enxergando o enorme potencial de Take My Breath Away, o diretor Tonny Scott e os produtores do longa entenderam que precisavam inserir a canção em uma cena marcante, que representasse o romance entre Charlie e Maverick.

Ao analisarem o material já filmado, perceberam que o casal dialogava muito nos momentos em que estavam juntos, e seria difícil colocar a música nessas passagens.

Foi aí que a equipe, Kelly McGillis e Tom Cruise retornaram ao set, especialmente para filmar a troca de carícias da dupla, à meia luz. A atriz revelou que, inclusive, já havia mudado a cor de seu cabelo para um outro projeto. Por isso, apenas as silhuetas de seus corpos aparecem na cena.

Em Top Gun: Maverick, continuação do longa de 1986, Maverick (Tom Cruise) parece ter achado o seu lugar, depois de décadas de serviço como um dos principais aviadores da Marinha. Quando o experiente piloto precisa treinar um grupo de graduados do Top Gun para uma missão especializada, encontra o tenente Bradley Bradshaw (Miles Teller), filho de seu falecido amigo, o oficial Nick "Goose" Bradshaw. Enfrentando um futuro incerto e confrontando os fantasmas do passado, Maverick é obrigado a encarar seus medos mais profundos, culminando em uma missão que exigirá sacrifícios daqueles escolhidos para voar.

Além de Tom Cruise e Miles Teller, o elenco de Top Gun: Maverick é formado por Jennifer Connelly, Val Kilmer, Ed Harris e Jon Hamm. O longa, dirigido por Joseph Kosinski, estreou no Brasil em 26 de maio, e segue em cartaz nos cinemas - garanta o seu ingresso através do nosso site ou app.

Agora, além de marcar presença no Instagram, Facebook e Youtube, a Ingresso.com também está no Telegram! Faça parte do nosso canal oficial e fique por dentro das últimas notícias sobre o universo do cinema e da cultura pop - acesse t.me/ingressocom e participe!

ver todas as notícias